Marina deu asas à imaginação e nem a Beyoncé escapou de virar crochê.

Premium WordPress Themes - ClassiMove
Publicado por anaonline

Atualizado em 28/10/2021 09:28

Ela cria peças personalizadas de artistas, personagens de anime e faz até mordedor de amigurumi.

A psicóloga Marina Ametlla, 25 anos, é uma crocheteira talentosa, cheia de criatividade e uma nerd assumida. Com a técnica de amigurumi, ela produz peças super elaboradas de personagens icônicos do universo das séries e animes. Na hora de criar os bonecos, a jovem se inspira até nas famosas cantoras Britney Spears, Beyoncé e Xuxa.

O que começou apenas como um hobby para passar o tempo, virou negócio de sucesso e hoje, ela administra o “Mavi Mundi”. O nome da empresa é uma junção do dela com o do filho de um ano, o Ravi. A empreendedora, inclusive, garante que só começou a fazer crochê graças ao pequeno.

De acordo com Marina, o interesse em aprender a técnica surgiu logo após ela se tornar mãe, em 2020. “Precisava fazer algo para passar meu tempo, comecei em maio como um hobby para fazer os bonecos para o meu filho. Aprendi tudo pelo YouTube, no começo, não sabia fazer nem a correntinha que é o básico”, conta.

Com o Ravi no colo, a profissional começou a pegar o jeito aula após aula e com o tempo ganhou os primeiros pedidos de clientes. Hoje, ela faz de tudo, desde chaveiro, mordedor para bebês até os queridos bonequinhos. “Como trabalho muito com a parte da criação, encomenda, os clientes trazem várias ideias e eu sou bem aberta”, afirma.

Entre as produções estão o famoso pintor pós-impressionista, Vincent Van Gogh, Beyoncé, Britney Spears, Xuxa e Frida Kahlo. Além desses, figuras conhecidas no universo da fantasia também ganharam uma versão artesanal como Naruto, Baby Yoda, Moana, Capitã Marvel, Totoro, Stitch, Alice, Coraline e Tanjiro.

Ricos em detalhes, cores, formatos, acessórios e tamanhos, os amigurumis apresentam variação nos preços. Os chaveiros, por exemplo, custam em média R$ 35, enquanto os bonecos personalizados saem a partir de R$ 150 e os mordedores R$ 80. Já as peças artesanais à pronta-entrega valem entre R$45, R$ 65, R$ 120, R$ 130 e R$ 150.

Outra vertente do trabalho é a venda de receitas das flâmulas de crochê. O material é um passo a passo de como fazer os amigurumis e saber quais materiais devem ser utilizados no processo. “É igual receita de bolo, você ensina os pontos e no final, a pessoa produz a peça. Todo mês, os artesãos que têm plano de assinatura mensal recebem uma receita minha”, explica.

Mesmo tendo começado sem querer, Marina revela que é apaixonada pelos amigurumis e que encontrou neles, um jeito de levar a vida. “Tem tudo a ver comigo, sou mãe, artesã e minha vida é isso. Gosto muito de trabalhar, estudar, pesquisar sobre e ainda tenho muitos sonhos para realizar”, finaliza.

Quem quiser investir em presentes artesanais, a dica é garantir um item de amigurumi da Marina. A profissional aceita encomendas de Campo Grande e de outras regiões do país. O trabalho dela pode ser conferido no perfil @mavi.mundi, no Instagram.

Veja mais detalhes em: https://www.campograndenews.com.br/lado-b/consumo/marina-deu-asas-a-imaginacao-e-nem-a-beyonce-escapou-de-virar-croche

 

 

Comentários com Facebook